Córrego do Feijão – Brumadinho
Quanto Vale Uma História?

O mini documentário ‘quanto vale uma história’ é uma parceria da filmmaker Vic von Poser com  o fotógrafo e co-fundador da página SP invisível André Soler.

Propondo registrar os caminhos e o processo criativos de André  em sua segunda ida ao Córrego do Feijão- Brumadinho pouco tempo depois da quebra da barragem. Com o foco nas pessoas da região, nas relações e suas histórias, esse trabalho é a tentativa de construir uma memória e uma homenagem aos invisíveis, vítimas desse crime ambiental.

As obras ficaram expostas acompanhadas de uma caixa de som com a história da obra contada pelo próprio personagem (objeto da fotografia exposta) e um qrocde com o link para a história escrita. Dentro do espaço também tinha uma projeção com imagens captadas em Brumadinho * mostrando o entorno e imagens da cidade e uma instalação suspensa imitava um corpo sendo levado pelos helicópteros * cena que se tornou comum na cidade.

CRÉDITOS
DOCUMENTÁRIO

Direção
VIC VON POSER

Câmera
VIC VON POSER

Fotografia
ANDRÉ SOLER
GUSTAVO ORTIZ

Som
VIC VON POSER

Montagem
VIC VON POSER

Produção Executiva
DEMIAN GRULL

Agradecimentos
SP INVISÍVEL
GUSTAVO ORTIZ
COMUNIDADE DO CÓRREGO DO FEIJÃO

CRÉDITOS
EXPOSIÇÃO

Curadoria
ANDRÉ SOLER

Produção
MARCELO COLAIACOVO

Print Fine Art
RAFAEL DEFINE

Montagem Exposição
HUGO DOURADO

Trilha
BILLY COMODORO

Produção Executiva
DEMIAN GRULL