SHIRLEY

UM FILME DE JOSEPHINE DECKER

A dissertação poética da narrativa funciona muito, sutilmente indo do imaginário para o real nesse filme escrito (Sarah Gubbins E Susan Scarf Merrell), dirigido (Josephine Decker) e protagonizado (Elisabeth Moss e Odessa Young) por mulheres.

Difícil achar textos ou filmes em português que consigam fazer isso. A aila Elizabeth Moss está incrível no papel principal e também assina a produção executiva (função mais importante na realização de um filme :)). A trilha e sound design são foda.

Ambientado nos anos 30 com cenografia e figurinos muito belos. roteiro inteligente e nada óbvio, mostra a manipulação mental e psicológica dos homens.

Demian Grull

Author Demian Grull

Artista, diretor e produtor executivo na resistencia904, selo independente de realizações criativas. Nascido e criado em São Paulo. Meus interesses navegam da música a fotografia, cinema, edição, publicação, comportamento humano e tecnologia.

More posts by Demian Grull

Se eu cair 7 vezes, 8 vezes me levanto